03 julho 2014

Mentira

É mentira que você se perdeu de nós, que nessas idas e vindas do tempo você deixou tudo pra trás e que também ficou pra trás. Honestamente, devo confessar que não sei nada de mim, tampouco sei de você. O que sei é que você mente, como talvez eu também minta, pra se proteger, pra tentar esquecer, fugir, não pensar, pra não aceitar reviver cada detalhe bonito que restou, aos pedaços, da nossa história.
É mentira que não somos nós que passamos pelos seus olhos feito filme em preto e branco nos vários flashbacks meio turvos que te acontecem depois de umas e outras. Somos nós pelas ruas, pelas praças, nos cartões de natal, nas cartas quilométricas, nas letras piegas de músicas que nem são mais nossas, somos nós nas constelações que buscávamos todas as noites bem estreladas.
É mentira que nossa história é digna de filme, que fomos o casal perfeito e mais lindo da galáxia. Caminhamos de mãos dadas, afrouxando o aperto algumas vezes. Tropeçamos e andamos meio tortos. Buscamos e vivemos a tal da felicidade a gosto, com gosto e a contragosto, em meio a risadas e choros, verdades e mentiras e uma pitada de amor e paixão na intensidade máxima de tudo que nos permitimos sentir.

É mentira toda essa desculpa de que ‘não deu’, é mentira que não existem mais incertezas. Não importa quantos fins tenham sido colocados até aqui, a verdade é que os borrões se amontoam pelo quarto e a minha saudade tem o teu nome. Porque o que importa de verdade não é o andar de mãos dadas, é o que a gente carrega no peito. É o que fica, é o que vale, pra vida toda dentro da gente. 

5 comentários:

Alexandre Lucio Fernandes disse...

E o que fica é sempre muito marcante a ponto de quase ser concreto. Mais que tudo. Mais que todos.

Lindo!!

Sentia saudade daqui *-*

Gabriela Freitas disse...

É mentira. Tem sido. Essa é a única verdade. Faz falta, não passou, não foi coisa de momento e nem história de verão. Era amor. É amor. O resto é blefação de quem não quer admitir que o aperto meio afrouxado na mão ta fazendo falta.
http://www.novaperspectiva.com/

Olhar Beleza disse...

Boa noite. Tudo bem? ^^

Profundo o texto.
Belas palavras.

Aguardo sua visita no blog "Olhar Beleza
Está rolando um sorteio bem bacana de "produtos de beleza."

Já estou seguindo seu blog. Beijos =)

Mª Fernanda Probst disse...

A gente mente para nós mesmos, Si, pra ver se suporta.

Lindo texto!

Lindíssimo o blog!!

Magda Albuquerque disse...

"Porque o que importa de verdade não é o andar de mãos dadas, é o que a gente carrega no peito."

Ai, ai, ai... Fiquei aqui perdida nesse texto, li várias e várias vezes, e me encontrei em vários trechos e pensei em tanta coisa.

Lindo demais, Simone.
Beijos.

Adoçam por aqui:

 
Adoce com Limão © Copyright 2011. Design desenvolvido por Simone Emanuelle Oliveira.